Prefeito não descarta possibilidade de lockdown em Montes Claros


Prefeito Humberto Souto em entrevista ao MG1 desta quarta-feira (3) — Foto: Inter TV/Reprodução

Prefeito Humberto Souto em entrevista ao MG1 desta quarta-feira (3) — Foto: Inter TV/Reprodução

O prefeito de Montes Claros, Humberto Souto (Cidadania), não descartou a possibilidade do município decretar lockdown, que é o bloqueio total de atividades. A informação foi fornecida em entrevista ao MG1 para falar sobre o novo decreto que entrou em vigor nesta quarta-feira (3).

“O governador deve decretar hoje lockdown em diversas regiões, eu não sei se a nossa está, mas eu sei que o Triângulo Mineiro, a região de Governador Valadares estão. Eu acho que Montes Claros acaba entrando também hoje ou amanhã nesse decreto do governador.”

 

Humberto Souto disse ainda que, independentemente de Romeu Zema (Novo) decretar ou não o lockdown, se a Prefeitura verificar que as medidas do decreto em vigor não estão sendo seguidas, outras medidas ainda mais rígidas podem ser adotadas.

Ao ser questionado se vai aderir ao possível lockdown decretado pelo Governo de MG, Souto disse:

“O prefeito não tem porque discordar de uma medida que o governador tomar acertadamente, se precisar, eu edito outro decreto.”

 

Prefeitura publica novo decreto com medidas mais restritivas, em Montes Claros

Prefeitura publica novo decreto com medidas mais restritivas, em Montes Claros

Um dos motivos que levou a Prefeitura a impor medidas de combate e controle mais rígidas foi a ocupação de leitos. Por causa da lotação, hospitais de Montes Claros chegaram a suspender o atendimento de casos suspeitos e confirmados de coronavírus.

Em entrevista nesta terça, a secretária de Saúde, Dulce Pimenta, informou que a cidade, que é referência para outras 95 localidades, passou a não receber pacientes de fora. Além disso, estão sendo feitas análises para transferência de pessoas em tratamento para outros leitos ou unidades de saúde.

“Hoje, o momento é insustentável, nós não temos vagas de leitos para Covid e a população corre o risco de morrer”, destacou o prefeito na entrevista ao MG1.

 

Ainda nesta terça, conforme noticiou o G1, Montes Claros registrou o maior número de casos e óbitos por Covid em 24 horas. No total, 19.304 testaram positivo e 300 faleceram em decorrência da doença.

Prefeitura publica novo decreto com medidas mais restritivas, em Montes Claros (Parte 2)

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 18 =

Traduzir »