Polícia apreende R$ 473 mil na casa de Nego do Borel, e dinheiro será enviado a São Paulo

Quantia estava guardada em cofre. Ex-namorada denunciou o cantor por violência doméstica

Policiais contam dinheiro apreendido na casa de Nego do Borel no Recreio Foto: Divulgação
Policiais contam dinheiro apreendido na casa de Nego do Borel no Recreio Foto: Divulgação

RIO — Durante as buscas na manhã desta quinta-feira na casa do cantor Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, investigadores da Polícia Civil encontraram dentro de um cofre R$ 473 mil em notas de 100 e 50 reais, amarradas por elásticos e empacotadas em vários maços. O dinheiro estava guardado em uma espécie de sótão, do terceiro andar da casa. Nesse local, segundo os investigadores, funciona um escritório.
Policiais apreendem dinheiro e aparelhos eletrônicos Foto: Reprodução / Polícia Civil
Polícia Civil está na casa do cantor cumprindo mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça de São Paulo.

O montante, de acordo com investigadores, foi apreendido e será encaminhado para a Justiça de São Paulo, responsável por autorizar a operação contra o cantor. Agentes levaram mais de 30 minutos contando as notas. O cantor terá que comprovar a origem do valor para retirá-lo. As buscas desta quinta-feira estão relacionadas ao boletim de ocorrência que a influenciadora digital Duda Reis, de 19 anos, ex-namorada do funkeiro fez contra ele na 1ª Delegacia de defesa da Mulher (DDM), em São Paulo. Segundo Duda, ela teria sido vítima de violência e ameaças feitas pelo ex-noivo, que nega as acusações.

Além do dinheiro apreendido, os agentes também confiscaram aparelhos eletrônicos. De acordo com o processo, Nego do Borel teria ameaçado vazar supostos vídeos íntimos de Duda. O passaporte do artista também foi apreendido. No último dia 15, policiais da 42ª DP (Recreio) apreenderam na casa do cantor uma réplica de fuzil, que costuma ser usada para a prática de airsoft.

— Apreendemos tudo o que foi determinado, inclusive o dinheiro. Conseguimos um HD de um laptop, dois telefones e um videogame. No momento em que chegamos, não tinham ninguém na casa. Então, fizemos contato com a mãe e o padrasto (do Nego) que chegaram para abrir o cofre, que estava escondido. Me espantou ver essa quantia de dinheiro em casa. Mas, no mandado de busca, a Justiça já fazia referência a valores, já que a própria Duda Reis informou que havia um local que tinha muito dinheiro — afirmou a delegada Sandra Ornelas.

Nego está em São Paulo. A casa onde ele está também foi alvo dos investigadores. Lá, celulares e um computador foram apreendidos.

— Esse mandado que estamos cumprindo é uma precatória de Sâo Paulo. E tudo isso será resolvido por lá. Mas, com certeza, esse registro (do dinheiro no cofre) cria a possibilidade de outro tipo de desdobramento para outro tipo de investigação com relação a comprovação da origem desse montante — finalizou a delegada.

Elizabeth Medeiros, advogada de Nego do Borel, disse desconhecer a origem do dinheiro encontrado na casa doseu cliente e afirmou que “caberá a ele justificar a quantia à Justiça de São Paulo, o que será feito”. A defensora afirma que seu cliente não foi ouvido no inquérito aberto pela Polícia Civil de São Paulo para apurar as denúncias feitas pela ex-companheira do funkeiro.

— Infelizmente, não posso passar detalhes sobre esse procedimento, cujo sigilo foi decretado, estando sob segredo de justiça — declarou ela.

A advogada confirmou que os investigadores recolheram dispositivos eletroeletrônicos da casa de Nego. Indagada sobre as ameaças de seu cliente a Duda, em relação à exposição de supostas imagens íntimas da influenciadora digital, Elizabeth Medeiros não soube informar se esses vídeos ou fotos existem.

leandro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =

Traduzir »