Montes Claros deve receber medicamentos do ‘kit intubação’ nesta quinta-feira

Medicamentos usados no “kit intubação” devem ser enviados para Montes Claros ainda nesta quinta-feira (25). A informação foi confirmada pela secretária municipal de Saúde em entrevista ao MG1. Dulce Pimenta destacou que os hospitais da cidade já não possuem mais esses insumos em estoque. Os remédios são utilizados em pacientes com casos mais graves da Covid-19.

Com a falta dos medicamentos do kit intubação, alguns dos hospitais da cidade – que é referência em leitos para outras 95 localidades – afirmaram que teriam dificuldades para continuar atuando na prestação do serviço.

Conforme nota enviada pelo Ministério da Saúde nesta quarta (24), a distribuição dos remédios do kit foi iniciada na terça (23). A previsão é de que todos os estados estivessem abastecidos em até 72 horas.

“O estado de Minas ainda não recebeu a remessa de medicamentos do Ministério, mas diante do cenário aqui de Montes Claros, a secretaria de estado [de Saúde] está recolhendo alguns medicamentos de outros hospitais para encaminhar hoje ainda para os hospitais de Montes Claros”, falou a secretária de Saúde.

 

Devido à grande demanda em todo o país, o ministério determinou a requisição administrativa dos componentes do kit intubação, passando a ser o responsável por distribuí-los.

Por conta do estoque zerado, a solução encontrada, de acordo com a secretária, foi fazer a substituição de um desses remédios, os neurobloqueadores, por outro. O superintendente da Santa Casa já havia afirmando nesta quarta (24) que essa tinha sido a alternativa adotada no maior hospital da região.

Apesar da solução, a secretária de saúde fala que os remédios usados na substituição também estão acabando.

“Esse medicamento também está com o estoque comprometido, por isso que temos que receber no nosso município, ainda hoje, os medicamentos necessários para mantermos os pacientes intubados.”

Dulce Pimenta também falou que a taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI/Covid ainda está em níveis preocupantes, 98% e 100%, respectivamente.

“É uma situação de alerta. Como já tínhamos falado, estamos com um número grande de pessoas contaminadas por Covid. Sabemos que desse volume de pessoas algumas evoluem para o estado grave e necessitam dos hospitais, precisam de um tratamento hospitalar. O quadro que nós temos ainda é de saturação dos leitos Covid em Montes Claros.”

 

Com 325 novos casos de Covid-19, Montes Claros contabiliza 24.658 pessoas infectadas nesta quarta-feira (23). As informações são do boletim epidemiológico, que ainda aponta que mais seis óbitos foram registrados, totalizando 470 mortes por coronavírus.

“Está cada vez mais fica mais complexo fazer a gestão nessa pandemia. Um desafio que tínhamos era a expansão do número de leitos, depois veio o desafio da manutenção do oxigênio para os pacientes, que têm consumo muito grande comparado a um paciente de UTI normal. Outro desafio que enfrentamos foi da equipe médica e de enfermeiros, que tem que ser uma equipe especializada e já ultrapassou seus limites físicos e emocionais. E agora, esse desafio que é a falta de medicamentos em todo o Brasil.”

Fonte: G1

Você pode gostar...

Traduzir »