Bolsonaro pode tirar Brandão do BB, diz o Globo; Credit rebaixa ação do banco e de Eletrobras, repercussão de Americanas-B2W e mais

SÃO PAULO – O noticiário corporativo desta segunda-feira (22) é bastante movimentado, com atenção especial para as ações das estatais.

Após a indicação do governo do general Joaquim Silva e Luna para presidência da Petrobras, em substituição a Roberto Castello Branco, a percepção de risco para as ações da Petrobras, que já estava alta por conta das críticas de Jair Bolsonaro ao reajuste de combustíveis e ao CEO da estatal, aumentou ainda mais, com os ADRs (na prática, as ações negociadas na Bolsa de Nova York) negociando em queda de mais de 15%. Diversas casas de análise já reduziram a sua recomendação para os papéis da companhia após as notícias (veja mais clicando aqui).

Os investidores ficarão de olho especialmente nas ações do BB e da Eletrobras. Segundo Lauro Jardim, Jair Bolsonaro fará com André Brandão o que fez com Roberto Castello Branco. Bolsonaro já deixou claro a pessoas da equipe econômica que aproveitará este momento para indicar outro presidente para o BB. Na véspera, o Credit Suisse já havia reduzido a recomendação para os ativos BBAS3 para neutra, assim como de ELET6. No fim de semana, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo considera mudanças na tarifa de energia.

FONTE:https://www.infomoney.com.br/mercados/bolsonaro-pode-tirar-brandao-do-bb-diz-o-globo-credit-rebaixa-acao-do-banco-e-de-eletrobras-repercussao-de-americanas-b2w-e-mais/

 

 

Você pode gostar...

Enviar Mensagem
Estamos online!